#dateruim

#dateruim
0
691 quarta, 8 de novembro de 2017

A hashtag #dateruim tomou conta das redes sociais esta semana, enquanto diversos internautas se únem em uma corrente para relatar os piores encontros amorosos que já tiveram. Caso algum possível participante não se lembre de nenhum fato interessante para contar dentro dessa proposta, alguns ainda fazem o alerta: não será você o “date ruim” de alguém?

As mensagens estão sendo publicadas no Twitter e no Facebook.

 

CRUSH BANDIDO

 

“#DateRuim: Fiquei com um cara por 5 dias quando tava de férias no RJ e no último dia ele me assaltou”, escreveu uma internauta do Rio Grande do Sul.

 

O PASSADO CONDENA?

 

“#dateruim tava ficando com o cara quando ele abre a carteira e fala “tenho q te mostrar uma coisa”. Era o habeas corpus porque ele tinha sido preso”, declarou uma internauta de São Paulo.

 

SAUDADES DO EX

 

“Como eu esquecer deste #DateRuim? Eu era muito apaixonado por um boy fazia tempo, e a gente ficou algumas vezes, até que decidiu passar a noite juntos num hotel e depois aproveitaríamos o fim de semana juntos. Bem, a gente chegou lá e foi direto transar. A coisa estava rolando e eu, de olhos fechados, sinto pingar alguma coisa em mim. Quando olho, ele está chorando copiosamente, me dizendo que ele costumava ir com o ex-namorado naquele hotel e que tudo ali lembrava o ex. Decidimos que era melhor ele ir embora, e eu paguei uma diária inteira e fiquei uma hora no hotel”, contou um internauta de São Paulo.

 

TIRO PELA CULATRA

 

“O cara me chamou pra jantar, tudo muito fofo mas voltando pra casa, dentro do carro ele achou que ia da um peido silencioso e se cagou #DateRuim”, disse outra internauta de São Paulo.

 

QUESTÃO DE FÉ

 

“#dateruim um cara me levou pra Igreja, começaram a falar em línguas e rezar na minha cabeça e ainda avisou que beijo só depois de uns meses”, escreveu uma internauta do Maranhão.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

 

“Nem vou comentar sobre #dateruim porque eu sou a parte do ruim”, escreveu uma internauta.

 

 

Você já teve um? Como foi o seu #dateruim?